fbpx
Blog Energiza

AQUECIMENTO SOLAR PARA PISCINA

aquecimento solar piscina

Utilizar a energia solar para aquecer piscinas é uma forma econômica e sustentável de manter a sua piscina em clima de verão durante todo o ano. Para isso, existe os sistemas térmicos e fotovoltaicos, o primeiro, bastante difundido no Brasil, utiliza o calor proveniente da energia do sol para aquecer a água, o segundo, utiliza a incidência solar para gerar energia elétrica, que pode ser utilizada, neste caso, para o aquecimento de piscinas.

Por via de regra, as duas soluções, quando bem dimensionadas, atendem a função desejada, porém, cada solução possui as suas vantagens e desvantagens, e é sobre isso que iremos tratar neste artigo. De maneira geral, sempre orientamos nossos clientes a escolherem uma das possibilidades, apesar dos sistemas não serem excludentes, ambas competem pelo espaço do telhado, tornando-se, na maioria dos casos, inviável a adoção das duas soluções de forma simultânea.

Os sistemas de aquecimento de água solar, implicam diretamente na redução da conta de energia elétrica, por isso, o mais indicado é chamar um profissional especializado para analisar detalhadamente as necessidades enérgicas do imóvel e as condições técnicas existentes, e somente assim, determinar a melhor forma de aproveitar a energia do sol, seja ela através da conversão térmica, através de aquecedores ou através de painéis fotovoltaicos, mas, nossas dicas podem te ajudar a entender melhor os sistemas e verificar se os mesmos atendem as suas necessidades.

Temperatura da água: Os sistemas solares térmicos são capazes de elevar a temperatura da água entre 05 a 08 °C, por tanto, é indicado para lugares quentes, quando utilizado em locais mais frios, torna-se indicado a utilização concomitante de um sistema de aquecimento elétrico ou a gás para atingir a temperatura desejada. Já o sistema de energia solar fotovoltaico, como não gera energia térmica, utiliza a implementação de um sistema elétrico para o aquecimento da piscina, o mais utilizado é a bomba de calor, nesse sistema, eleva-se a temperatura da água rapidamente com incremento de até 14°C e as placas fotovoltaicas geram a mesma quantidade ou uma quantidade superior de energia que a bomba irá consumir, de forma limpa e sustentável sem impactar a conta de energia.

Instalação: Do ponto de vista de simplicidade do projeto, a instalação fotovoltaica é mais vantajosa por ser mais simples. Ao contrário dos sistemas térmicos que só podem ser instalados no telhado, os painéis fotovoltaicos podem ser instalados em qualquer lugar que haja incidência solar e as instalações duram em média 03 dias e não requer obras, já a instalação dos aquecedores em imóveis já construídos requer intervenções no imóvel.

Aproveitamento de energia: Neste item, o sistema fotovoltaico também é mais vantajoso, uma vez que nele é possível armazenar a energia gerada na forma de créditos energéticos por até 60 meses e no sistema de aquecimento solar, a energia térmica gerada deve ser consumida imediatamente. Porém, é importante ressaltar que ambos os sistemas geram energia de forma contínua durante as horas de sol e ambos são sustentáveis!

Preço: Tratando-se de investimento inicial, o sistema de aquecimento solar é mais vantajoso por ser mais barato, porém, apesar da necessidade de um maior investimento, o sistema fotovoltaico gera um retorno financeiro maior a médio e longo prazo, além disso, possui a possibilidade de ser ampliado sempre que necessário e pode reduzir a conta de energia do cliente em até 95%.


Gostou dessa postagem? Deixe aqui suas duvidas e comentários!! Sua opinião é muito importante para nossa equipe!

ana

Ana Caroline Silva de Freitas

Engenheira Sanitarista e Ambiental

Especialista em Soluções e Tecnologias Ambientais

Designer de sistemas fotovoltaicos